Tema: a colonização Inglesa na América do Norte






Tema: A colonização Inglesa na América do Norte


A colonização da América do Norte foi inicialmente fruto da ação individual de vários grupos que estavam fugindo das Tema: a colonização Inglesa na América do Norte atribulações de ordem social, política e religiosa que assolava o Norte da Europa especialmente a Inglaterra.


Em fins do século XVI sob o comando da rainha Elisabeth I que governou Tema: a colonização Inglesa na América do Norte entre 1558 e 1603 e que desenvolveu uma agressiva política de incentivo a pirataria, os piratas a serviço da coroa inglesa eram chamados de corsários e recebiam proteção do estado Inglês e Tema: a colonização Inglesa na América do Norte, contrabando no caribe. (assista ao filme Piratas estrelado por Walter Mathau e dirigido por Roman Polanski).


Estas ações terminaram por desencadear um conflito armado em 1588, tendo a Inglaterra vencendo com a Tema: a colonização Inglesa na América do Norte destruição da frota espanhola que era denominada de “a Invencível Armada”.


No início do século XVII foram criadas na Inglaterra bem como na Holanda várias companhias de Tema: a colonização Inglesa na América do Norte comércio que visavam ampliar a sua participação no comércio colonial que Portugal e Espanha haviam montado desde fins do século XV.


Estas companhias de comércio Tema: a colonização Inglesa na América do Norte terminaram por incentivar a imigração de colonos que passaram a ocupar as terras da Espanha na América do Norte dando início à colonização inglesa na América foram Tema: a colonização Inglesa na América do Norte criadas treze colônias que terminaram assumindo características diferentes resultando em dois tipos de colônias. Um tipo era a de povoamento e o outro era a de exploração.


As colônias de Tema: a colonização Inglesa na América do Norte exploração fundadas por companhias de comércio ou por ação do governo inglês foram criadas dentro dos moldes das colônias ibéricas e limitadas nas suas Tema: a colonização Inglesa na América do Norte ações por um pacto colonial.


Já as colônias de povoamento por terem sido organizadas por comunidades familiares e/ou por grupos religiosos que haviam fugido da Europa terminaram estabelecendo Tema: a colonização Inglesa na América do Norte as bases de uma intensa atividade manufatureira que viria predominar na porção Norte destas colônias.


Não podemos esquecer de dizer que o regime de propriedade da terra também Tema: a colonização Inglesa na América do Norte era diferente entre as colônias indo da pequena propriedade que era trabalhada pelos membros da família e alguns empregados ou agregados (assista ao filme As Bruxas de Salém) até a grande propriedade Tema: a colonização Inglesa na América do Norte com a mão-de-obra sendo relegada aos escravos africanos.


Um conjunto de problemas internos envolvendo a disputa pelo controle do Estado entre a burguesia e a nobreza (revolução Tema: a colonização Inglesa na América do Norte puritana de 1641 e revolução gloriosa de 1688) terminou criando uma certa situação de autonomia para que as colônias pudessem desenvolver atividades comerciais.


Especialmente as do norte (povoamento) que, devido Tema: a colonização Inglesa na América do Norte as suas características, possuíam meios e produtos para comercializar com o Caribe vendendo manufaturados diversos, peles, escravos - que eram comprados dos portugueses e revendidos aos colonos da Espanha - e comprando Tema: a colonização Inglesa na América do Norte açúcar entre outros produtos tropicais.


Este processo vai permitir ao mesmo tempo a participação da Inglaterra nas atividades mercantis da época e para os colonos a possibilidade de criar o seu Tema: a colonização Inglesa na América do Norte próprio modo de vida, fato este que teve uma importância fundamental no futuro da região.

^ Tema: Ação Comercial e Catequização


O Comércio entre a América Tema: a colonização Inglesa na América do Norte e suas Metrópoles


A montagem e o desenvolvimento de um intenso comércio entre as metrópoles e suas colônias foi a princípio estabelecido com base em um “Pacto Colonial Tema: a colonização Inglesa na América do Norte” que na realidade era a definição de um conjunto de obrigações que as colônias deveriam ter para com as metrópoles incluindo a proibição de produzir qualquer tipo de Tema: a colonização Inglesa na América do Norte produto que fosse fabricado ou comercializado pela metrópole e a obrigação de vender seus produtos apenas a metrópole ou aos seus representantes e deles comprar o que fosse necessário Tema: a colonização Inglesa na América do Norte.

Na prática a Espanha teve mais dificuldades e menos interesse em impor o pacto colonial do que Portugal, devido especialmente por três motivos.

O primeiro deles devia-se Tema: a colonização Inglesa na América do Norte ao fato de que para a Espanha era necessário manter a estrutura administrativa existente entre os povos vencidos (que explorava o trabalho coletivo) para a extração de ouro e prata e Tema: a colonização Inglesa na América do Norte isto significava ter que permitir a produção e o comércio interno entre as várias colônias como a região do Peru e a Colômbia por exemplo.

O Tema: a colonização Inglesa na América do Norte segundo está relacionado ao fato de que como a mineração dava muito mais lucro e podia ser mais facilmente desviado, o governo espanhol vai concentrar aí as suas atenções, o Tema: a colonização Inglesa na América do Norte que terminou por favorecer a existência de um intenso contrabando de mercadorias entre as suas colônias.

O terceiro diz respeito à distância entre a Espanha e a Am Tema: a colonização Inglesa na América do Norteérica aliada às condições climáticas existentes no Caribe (maior umidade do ar e um mar de águas mais quentes do que na Espanha) terminavam estragando as mercadorias trazidas como o Tema: a colonização Inglesa na América do Norte trigo que ou apodrecia ou germinava.

Desta forma o comércio colonial foi organizado a partir da CASA DE CONTRATAÇÃO em Sevilha que era a sede administrativa das colônias da Espanha que organizou Tema: a colonização Inglesa na América do Norte “A carrera de Índias” que consistia em comboios dos galeões que substituíram as caravelas nas viagens marítimas entre a Espanha e a América.

A necessidade de navios Tema: a colonização Inglesa na América do Norte cada vez maiores fez com que a indústria naval espanhola fosse em parte transferida para a costa americana no Pacífico como realejo na Nicarágua e onde a Tema: a colonização Inglesa na América do Norte disponibilidade de madeiras nobres era abundante. Nas Antilhas a fabricação de navios passou a ser realizada em Havana, Maracaibo e Campeche.

Entretanto não só de madeiras eram feitos os navios Tema: a colonização Inglesa na América do Norte que atravessavam os mares em busca de comércio ou transportando pessoas e sonhos de uma vida nova no “Novo Mundo”, eram necessárias uma infinidade de equipamentos e aparelhagem para que um navio Tema: a colonização Inglesa na América do Norte tivesse condições de navegar (faça uma pesquisa na internet sobre quais são os itens que fazem parte de uma caravela ou um galeão). Aqui vamos citar o que envolvia a Tema: a colonização Inglesa na América do Norte necessidade de armamento nestes navios como exemplo do envolvimento comercial que se fazia necessário e que terminava envolvendo outros povos no rentável comércio colonial e em parte explica a Tema: a colonização Inglesa na América do Norte dependência da Espanha e Portugal em relação aos outros países.

Com o aumento do comércio e a intensificação da fabricação de navios vamos ver aumentar a Tema: a colonização Inglesa na América do Norte ação dos piratas e corsários que atacavam a carrera de Índias da Espanha isto vai fazer surgir a necessidade de por canhões nos navios para a realizaç Tema: a colonização Inglesa na América do Norteão da defesa em caso de ataque. Como a Espanha termina tendo mais procura por armamentos do que a sua capacidade de produção própria, termina tendo que encomendar cobre da Tema: a colonização Inglesa na América do Norte Antuérpia, e canhões das fundições da região de Flandres, na França e do norte da Alemanha, o que termina transferindo parte do lucro obtido com a exploração colonial Tema: a colonização Inglesa na América do Norte bem como causando certa dependência dos produtos estrangeiros.

Outro aspecto que está ligado ao desenvolvimento do comércio colonial diz respeito a condição de vida no mar que é descrita Tema: a colonização Inglesa na América do Norte como pouco atrativa, suja, perigosa e insalubre o que resultava, freqüentemente, em escassez de marinheiros, o que deve ter causado uma pressão pela realização de melhorias na alimentação e condiç Tema: a colonização Inglesa na América do Norteões físicas nos navios o que terminava acarretando em um aumento dos produtos e, portanto, da atividade manufatureira e comercial.

A escolha do que seria produzido, como e de onde seriam Tema: a colonização Inglesa na América do Norte transportados eram de importância vital para o sucesso do comércio entre a Espanha e suas colônias. Os navios que saiam do México demoravam 75 dias para chegar à Espanha, os Tema: a colonização Inglesa na América do Norte que saiam de Havana (Cuba) 65 dias e os de Cartagena (Colômbia) 115 e o que dizer dos que saiam da costa do Peru pelo Pacífico atravessar o istmo do Tema: a colonização Inglesa na América do Norte Panamá e depois seguir para a Espanha. Temos ainda o caso dos navios que saiam das Filipinas que para chegar à Espanha teriam que cruzar o Pacífico, passar pelo istmo do Panam Tema: a colonização Inglesa na América do Norteá, cruzar o Atlântico para poder chegar à Espanha com suas mercadorias.

Não foi à toa que em Cuba e nas ilhas das Antilhas vão ser estabelecidas as plantações de Tema: a colonização Inglesa na América do Norte açúcar (produto bastante perecível), no México especializa-se a extração de ouro e no Peru a exploração da Prata (pouco volume e muito peso, porém não perec Tema: a colonização Inglesa na América do Norteível) e nas Filipinas a comercialização de seda (pouco peso volume e não perecível). Esta combinação vai garantir a Espanha controle das suas colônias, a lucratividade Tema: a colonização Inglesa na América do Norte dos investimentos e a criação de uma elite colonial que neste momento explorando o trabalho nativo ou o escravo africano vai estar de plena concordância com a coroa espanhola Tema: a colonização Inglesa na América do Norte.

Desta forma com estes exemplos podemos vislumbrar alguns dos motivos que fizeram com que a Espanha terminasse por tolerar a existência de atividades manufatureiras, comércio interno e até certo ponto o contrabando como Tema: a colonização Inglesa na América do Norte mecanismos de manutenção do poder.


^ A Igreja Católica na América espanhola


Nem só de comércio e conquista consistiu a colonização da América. Como já foi Tema: a colonização Inglesa na América do Norte dito anteriormente, através da intervenção do Papa, Portugal e Espanha dividiram as terras coloniais. Mas a atuação da Igreja não se limitou a este tratado, Veja Tema: a colonização Inglesa na América do Norte a lista das resoluções papais que beneficiaram Portugal e Espanha.





Estas bulas papais, ao mesmo tempo que legitimavam os direitos internacionais de Portugal e Espanha sobre as Tema: a colonização Inglesa na América do Norte terras descobertas, definiam o arcabouço fundamental do processo de evangelização cristã na América. (faça uma pesquisa sobre o teor destes documentos na internet e aprofunde seus conhecimentos).

Muito bem, definidas as Tema: a colonização Inglesa na América do Norte regras de evangelização como deveriam atuar os religiosos? Qual o tipo de organização deveria ser adotada para que a conversão dos povos pudesse ser realizada?

Para responder a estas Tema: a colonização Inglesa na América do Norte questões é necessário entender antes que, a Igreja estava na América espanhola estava submetida aos mandos e desmandos do poder real e portanto limitada nas suas ações. O Tema: a colonização Inglesa na América do Norte que justifica esta afirmação? A submissão era fruto da política Espanhola em aprisionar a autoridade papal na América através do patronato real (instituição que obrigava o Tema: a colonização Inglesa na América do Norte clero a reportar-se à coroa antes de faze-lo ao Papa) para isto o Estado espanhol subsidiava a ação evangelizadora com recursos para estabelecer dioceses, conventos, missões e reduções Tema: a colonização Inglesa na América do Norte (cujo objetivo era apressar a submissão e a europeização dos povos nativos e da lealdade à coroa espanhola) dando também autoridade aos religiosos de participar dos negócios do estado participando dos Tema: a colonização Inglesa na América do Norte conselhos como o conselho real (uma espécie de ministério).

Esta situação vai ser mais atuante nos primeiros anos da colonização e especialmente durante os primeiros quarenta anos Tema: a colonização Inglesa na América do Norte que foi a fase principal da conquista e submissão dos povos nativos da América como podem ser vislumbrados nos dados a seguir que mostram o número de Tema: a colonização Inglesa na América do Norte dioceses fundadas na América espanhola ao longo dos séculos XVI, XVII, XVIII e XIX.





Ao longo dos Tema: a colonização Inglesa na América do Norte séculos vários elementos da Igreja romana vão entrar em atrito com o colonizador como as denúncias do Frei Bartolomé de Las Casas que entre 1514 e 1566 realizou intensa aç Tema: a colonização Inglesa na América do Norteão de defesa dos nativos contra os colonos conseguindo inclusive influenciar a coroa espanhola a determinar a proibição da escravização indígena.

Dada a imensidão da tarefa de Tema: a colonização Inglesa na América do Norte evangelizar a América (bem como de colonizar) devido à vastidão territorial e humana que se descortinava diante dos religiosos pode-se dizer que antes da evangelização a conquista militar e pol Tema: a colonização Inglesa na América do Norteítica chegaram primeiro.

Temos como um exemplo desta afirmação a companhia de Jesus, ordem religiosa fundada por Inácio de Loyola que possuía forte caráter militar e Tema: a colonização Inglesa na América do Norte trouxeram para a América um novo tipo de cristianismo diferente daqueles dos primeiros anos da colonização. Por ter no seu conjunto grandes diferenças quando comparadas com outras ordens religiosas que foram Tema: a colonização Inglesa na América do Norte implantadas na América, os jesuítas terminaram por ser expulsos da América, tanto espanhola quanto portuguesa.

Vamos analisar as características da ordem jesuíta para melhor compreender a sua Tema: a colonização Inglesa na América do Norte ação e posterior expulsão. Autonomia política em relação ao Estado (espanhol ou português), estrutura fortemente hierárquica, obediência quase militar a Roma e ao Papa, ativos defensores Tema: a colonização Inglesa na América do Norte das comunidades nativas contra a escravidão, principais difusores do cristianismo nas línguas nativas e especialmente fundadores de colégios que resultavam em aglomerados populacionais que de uma Tema: a colonização Inglesa na América do Norte forma não autorizada terminavam se transformando em cidades. Tomemos dois casos como exemplo do alcance da ação dos padres jesuítas na América:


1º) Na região do Paraguai os jesuítas conseguiram Tema: a colonização Inglesa na América do Norte desde o início das suas atividades em 1607 fundar quarenta centros de atividade missionária (missões) que juntos reuniam 130.000 mil nativos que terminaram por compor a base da população Tema: a colonização Inglesa na América do Norte Guarani que iria povoar o futuro país.


2º) Na região da Califórnia os jesuítas atuando a partir de 1695 fundaram 19 centros (reduções) que abrigavam um total de 22.000 nativos que ficaram Tema: a colonização Inglesa na América do Norte livres da ação dos colonizadores.


Este conjunto de aspectos aliado ao poder que os jesuítas exerciam nas decisões do poder do Papa na Europa terminaram por resultar na proibiç Tema: a colonização Inglesa na América do Norteão da sua atuação na América, permitindo que o pouco de defesa em favor dos povos nativos que a ação evangelizadora do cristianismo conseguiu criar terminasse por Tema: a colonização Inglesa na América do Norte não mais existir.

A ação evangelizadora do cristianismo romano durante a colonização vai contar com uma ampla estrutura administrativa eclesiástica que vai ter como sede a diocese como já falamos Tema: a colonização Inglesa na América do Norte anteriormente. O Bispo torna-se na América a figura mais importante dentro da hierarquia religiosa mas, ao lado das dioceses vamos ter mais dois tipos de organização Tema: a colonização Inglesa na América do Norte religiosa que podem ser divididas em REGULARES e SECULARES.

As ordens regulares, assim denominadas por causa do fato de que os religiosos destas organizações viviam reclusos nas suas instalações saindo Tema: a colonização Inglesa na América do Norte ocasionalmente para a prestação de serviços religiosos e estavam circunscritas aos conventos, mosteiros ou abadias e deviam obediência direta ao religioso designado para tal como no caso dos:





Por outro lado, dentro das ordens seculares existia maior liberdade por parte dos religiosos que deviam seguir a tradicional hierarquia devendo obediência ao bispo local, podendo entretanto atuar junto à população como Tema: a colonização Inglesa na América do Norte no caso das ações individuais de:





Ao longo do período colonial a Igreja vai oscilar entre Tema: a colonização Inglesa na América do Norte apoiar a ação colonizadora, fechando os olhos para as atrocidades que os povos nativos estavam sofrendo e, se voltar contra ela denunciando, protegendo, mesmo que esta proteção custasse a destruição da Tema: a colonização Inglesa na América do Norte cultura dos povos protegidos das dores da escravidão.

A principal lição que temos é que de uma forma ou outra a ação evangelizadora terminou por sepultar qualquer Tema: a colonização Inglesa na América do Norte possibilidade concreta de revolta que pudesse por fim ao domínio espanhol e sedimentou o predomínio do cristianismo na América latina.


^ Sugestão de atividade 01


Assista ao filme a Missão com Tema: a colonização Inglesa na América do Norte Robert de Niro, Liam Neeson e Jeremy Irons e faça uma comparando os dados do filme com os fatos históricos para depois desenvolver uma resenha sobre a atuação da Igreja no Tema: a colonização Inglesa na América do Norte processo de colonização da América


^ Sugestão de atividade 02


Leia o texto que segue e depois construa uma explicação para o fato apresentado.


“Três anos depois do descobrimento, Crist Tema: a colonização Inglesa na América do Norteóvão Colombo dirigiu pessoalmente a campanha militar contra os indígenas da Ilha Dominicana. Um punhado de cavaleiros, duzentos infantes e alguns cães especialmente treinados para o ataque dizimaram Tema: a colonização Inglesa na América do Norte os índios. Mais de quinhentos, enviados à Espanha, foram vendidos como escravos em Sevilha e morreram miseravelmente. Entretanto alguns teólogos protestaram e a escravização dos índios foi formalmente proibida ao Tema: a colonização Inglesa na América do Norte nascer do século XVI. Na realidade, não foi proibida, mas abençoada: antes de cada entrada militar, os capitães de conquista deviam ler para os índios, sem intérprete mas Tema: a colonização Inglesa na América do Norte diante de um escrivão público, um extenso e retórico requerimiento que os exortavam a se converterem à santa fé católica: “Se não o fizerdes, ou nisto puserdes maliciosamente dilatação Tema: a colonização Inglesa na América do Norte, certifico-vos que com a ajuda de Deus eu entrarei poderosamente contra vós e vos farei guerra por todas as partes e maneira que puder, e vos sujeitarei ao Tema: a colonização Inglesa na América do Norte jugo e obediência da Igreja e de Sua Majestade e tomarei vossas mulheres e filhos e vos fareis escravos, e como tais vendereis, e disporei de vós como Sua Majestade mandar Tema: a colonização Inglesa na América do Norte, e tomarei vossos bens e vos farei todos os males e danos que puder...” A América era o vasto império do diabo, de redenção impossível ou duvidosa Tema: a colonização Inglesa na América do Norte, mas a fanática missão contra a heresia dos nativos confundia-se com a febre que provocava, nas hostes das conquistas, o brilho dos tesouros do Novo Mundo” (GALEANO, 2002, P.24)
tema-9-investicii-i-investicionnaya-deyatelnost-korporacii.html
tema-9-istoricheskie-pesni.html
tema-9-kachestvo-prirodnoj-sredi-i-zdorove-naseleniya.html